Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2015

Travessia Ubatuba Buenos Aires - Soneca - Parte 01 - Arribada forçada

Imagem
Boas!

Meu professor de direito processual penal, Pedro Garutti, costumava se divertir ao indicar aos alunos que lhe pediam opinião sobre o tema do TCC o assunto "arribada forçada". A graça estava no fato de a bibliografia sobre isso ser extremamente diminuta, o que torna praticamente impossível escrever as mínimas cinquenta páginas exigidas. Confesso que era mais engraçado para ele do que para quem estava na aflição de concluir logo o curso e que nem sabia o que era esse negócio.
A arribada forçada, em português, é a escala não programada do navio em um porto não previsto no plano de navegação, por conta de alguma situação excepcional. O conceito vem no art. 740 do então Código Comercial Brasileiro, que é de 1850 e ainda está vigente nessa parte: "Art. 740. Quando um navio entra por necessidade em algum porto ou lugar distinto dos determinados na viagem a que se propusera, diz-se que fez arribada forçada". Ainda segundo referido Código,  "Art. 741. São causas …

Santos Rio 2015 a bordo do Off Line

Imagem
Boas!
Após duas largadas anuladas por conta de barcos que queimaram a partida, finalmente o Off Line cruzou o alinhamento entre a Comissão de Regatas - CR e a bóia. Começava a Santos Rio para a gente, às 12h45 de um sábado de céu púmbleo.
Eu fiz parte da tripulação reunida pelo dono do barco, Eduardo Coton, a quem desde já agradeço uma vez mais pela oportunidade e receptividade. Conosco estiveram ainda o Ronei e o Antonio Carlos, donos do veleiro Panda (um Fibramar 34), o Claudio Luiz Gregório (uma lenda viva da vela santista) e o Maurício, que é o marinheiro do Off Line e do Grandpa. Uma tripulação bastante heterogênea em todos os aspectos, mas tranquila quanto ao nosso único obejtivo: completar a prova antes do tempo limite. Nossos adversários seriam nós mesmos, como combinamos antes e como veríamos bem claramente um pouco antes de chegarmos ao Rio.
Conforme o previsto os ventos eram na casa de 15 nós, de  SE. O mar estava baixo e por todo lado havia nuvens de chuva a espreita. Até…

Ubatuba - Buenos Aires e Santos - Rio

Imagem
Boas!

No próximo dia 25 de outubro, domingo, o veleiro Soneca, do Capitão José Spinelli Neto dará início a travessia Ubatuba - Buenos Aires.



Spinelli, ou "Tio Spinelli" para os íntimos, é capitão amador e velejador há várias décadas, possuindo vasta experiência em navegação oceânica.  O veleiro Soneca é um Samoa 33 preparado para longas travessias. Foi  construído pelo próprio Tio e já está no Saco da Ribeira pronto para mais essa aventura!
Na tripulação teremos o Vitor , a Bruna , o José Eduardo, o Genésio e o Silvio, alunos de nossa escola de vela.
Faremos o acompanhamento dessa travessia aqui no blog, passando o maior número possível de detalhes.
A primeira perna será Ubatuba - Florianopolis e a previsão para o dia 25/10, data da partida, é bastante favorável: ventos de Leste e Nordeste, acima de dez nós. De Florianópolis, onde dois tripulantes desembarcam (Vitor e Genésio) e outro embarca (Silvio) a trupe parte para o desafiador porto de Rio Grande. Mas o grande desafio …

Navegando em braile ...

Imagem
Boas!

Em parceria com a empresa Brazil Boat Share realizamos mais uma turma de nosso curso básico de vela oceânica, dessa vez a bordo do veleiro Anarquia, um Pantanal 25 de propriedade compartilhada sobre o qual eu já falei aqui antes.
Na tripulação tivemos o casal Rogerio e Alessandra, o Julio e o Rafael, na sexta, e o Felippe, que se juntou ao grupo no sábado. Por conta de uma frente fria as condições estiveram um pouco fora do usual: muitos carneirinhos, chuva, sensação térmica lá embaixo e visibilidade baixa.
No sábado, em especial, as nuvens baixas nos permitiam ver apenas alguns prédios da orla de Santos. De resto havia apenas uma névoa branca e o som dos sinais sonoros dos navios que entravam e saiam do porto mais movimentado do país.
Por segurança conduzimos a aula na altura do ISO Vermelho, que tem boa distância da orla e fica igualmente afastado do canal dos navios. Mantivemos, ainda, a navegação em um eixo Leste-Oeste, sempre em orça e afsatando da orla. Assim ficava mais f…

Curso de vela na Represa Guarapiranga

Imagem
Boas!

Durante o mês de setembro nosso instrutor Alexandre Dangas ministrou o curso básico de vela para o Maurilo a bordo do Fast 230 + Bakanna na represa Guarapiranga.  Esse curso é regular e acontece sempre que há interessados. A vantagem é que está dentro da cidade de São Paulo e o regime de ventos é espetacular.
Vejam o que nosso amigo e agora velejador Maurilo achou da experiência:
"Bem, velejar pra mim é outra maneira de se viver, descobri esse ano o que é de fato velejar, entrei no Colégio Naval e logo escolhi a equipe de Vela Oceânica. Que desafio! Aprendi tudo na raça do dia-a-dia como é esse esporte e continuo aprendendo... Tanto que procurei ajuda nessa área e descobri o Curso Baldoso, mas o que me alegrou mesmo foi ter a instrução aqui na Represa Guarapiranga!! Isso mesmo em uma represa, eu moro a uns 40min dela e não acreditei que era possível velejar. Foi um tremendo equívoco! Cheguei lá e fui recebido pelo Alexandre Dangas de uma simpatia sem igual com o +Bakanna e f…