Dados técnicos do Atoll 23

Boas!

A exemplo do que fiz com o Rio 20, a seguir disponibilizo alguns dados técnicos sobre o Atoll 23, projetado por Roberto Mesquita Barros, o Cabinho e fabricado pelo estaleiro Multiglass até os primeiros anos  da década de 80, quando então a indústria náutica brasileira entrou em colapso (do qual, aos poucos, começa a se recuperar):




Ainda é cedo para colocar minha opinião de proprietário, mas assim que conhecer bem o barco o farei.

Bons ventos!

Comentários

  1. Ola amigo , voce saberia dizer os tamanhos (comprimentos) dos cabos de vela mestra e Jib para o Atol 23? Voce usa a Spinnaker?

    ResponderEliminar
  2. Olá Thomas... Quando eu estiover no barco levantarei esses dados e postarei aqui. De fato é algo útil. Eu uso um assimétrico... BV

    ResponderEliminar
  3. Olá, eu comprei um Atoll 23 (Mangalarga) faz 20 anos, tirei do canal de bertioga, com água dentro de 60cm. Estava na Marinas Nacionais. Reformei inteiro, (tenho fotos), foi equipado para velejar em solitário, piloto, enrolador, etc. Este barco me deixou muitas saudades. Peguei muito mar grosso, pauleira de rasgar velas, capotei em tempestade, na entrada do canal de Bertioga, com ventos cruzados e raios caindo ao lado e digo que ele é campeão, insuper®avel para o tamanho. Vendi para o Alan Trimboli ( Meltemi) e estou procurando outro mas não encontro um em bom estado. Abs. Ton Cuencas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como capotou e nao afundou o barquinho parou na posição correta?
      arrebentou muito o barco?

      Eliminar
  4. Olá Juca, possuo um Atoll 23, recentemente adquirido de nome Cutiatá, receio que a retranca que veio no barco não seja original dele... Você teria informações sobre mastro, retranca e dispositivo de rizo para passar?

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Onde guardar um veleiro.

De Ubatuba a Santos

De Vitória a Recife