Cusquinho...

Boas!

Em Paraty um botinho de apoio faz falta, pois facilita em muito o acesso às praias.

Por isso, aproveitando sobras de material do Tiki 21, essa semana "rascunhei" um para a gente. Modifiquei o projeto do Dinghy D5 (na verdade, o adaptei para a chapa de compensado naval do padrão brasileiro - 1600 x 2200mm. Para isso, as medidas do projeto foram diminuídas, todas, em 9%). O bote não vai pesar mais do que 20 kg e tem apenas 2,10 metros de comprimento. Viaja no rack do carro. A laminação será bem simples: resina epóxy, tecido 100 ou 200, com ênfase nos cantos. Pintura com esmalte sintético. O projeto prevê possibilidade de se velejar com ele, mas o Cusquinho será apenas um botinho de apoio. A parte debaixo dos assentos serão compartimentos estanques. 

Tudo consumiu apenas três chapas de compensado naval de cedro, ao custo total de R$ 270,00 (chapas que, no meu caso, eram sobras).

Se alguém se interessar pelo projeto, ele é grátis e o download pode ser feito AQUI.

As fotos a seguir foram feitas em 09/11/2011. A estrutura foi toda armada. Identifiquei defeitos, fiz as marcações e amanhã irei corrigi-los. Depois, montarei de novo a estrutura, farei o alinhamento final e iniciarei a colagem/laminação.




E vamos que vamos!

Comentários

  1. Juca

    Muito legal o Cusquinho. Já tô vendo...vc saindo da marina 46 e indo me visitar na marina do engenho.
    abs.
    ricardo stark

    ResponderEliminar
  2. Grande Ricardo!!! Sabe que eu to pensando em fazer um para vc tbm?! abs

    ResponderEliminar
  3. Uma duvida, você diminuiu os 9% em todas as medidas ou apenas das chapas do fundo e das laterais?
    Eu estou com a ideia de fazer esse barco a um tempão, vai ser o meu primeiro barco, depois que fui ver as medias totais para cortar o compensado fui que eu vi que no projeto americano o comprimento das chapas são maiores do que as chapas que eu encontro em Natal-RN.

    ResponderEliminar
  4. OLá André! A redução foi feita em todas as medidas. Uma dica importante é cortar o fundo depois de tudo montado. Basicamente vc fixa a chapa com sobras no local e risca seguindo os contornos. Assim não tem erro e não tem que fazer cálculo algum para o fundo. O meu já está mais adiantado, logo logo posto fotos. BV!

    ResponderEliminar
  5. Obrigado Juca, assim que o meu estiver pronto eu lhe mando umas fotos... e se você não se importar, se surgirem mais duvidas, posso lhe incomodar?

    ResponderEliminar
  6. No que eu puder ajudar, estou por aqui. Bons ventos!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Onde guardar um veleiro.

De Ubatuba a Santos

De Vitória a Recife