Uma confissão!

Boas!


Pois é, eu nunca contei isso aqui, mas antes que haja confusão é melhor eu esclarecer: o Cusco Baldoso é meu segundo Rio 20. Eu já tive um outro, antes, mas que nunca navegou e espera, até agora, por uma reforma que nunca veio. O nome de batismo era Equinoster, mas eu o rebatizei para Craca-à-Toa...

Com seu bom humor de sempre a história, com "h" mesmo, foi alvo de dois "posts" no Maracatublog, do não menos simpático (e mais famoso que o Lula) casal Hélio e Mara.


O primeiro post pode ser visto AQUI e, o segundo, AQUI!










O Equinoster, antes, em fotografia de Hélio Viana e...
















... o Craca-à-toa, depois: trabalho para doido!

Em breve farei uma visita ao local onde repousa o Craca e postarei fotos aqui no blog. Se alguém se habilitar a tocar essa encraca, digo, encrenca... é só avisar! O grosso do trabalho já foi feito mesmo e não sobrou nenhuma craca...

De volta ao mundo real (rs) e enquanto isso, vamos planejando nossa ida ao Montão de Trigo. Está tudo pronto ("Estar preparado é tudo", já dizia Hamlet e o Previdi). Falta apenas uma "janela de tempo". Quero ir no motor, de manhã bem cedo (= sem vento), em um rumo "reto"; ficar algumas horas fundeado no 'portinho', retornar velejando, com vento folgado (E ou SE), e chegar no canal de bertioga no finalzinho da tarde.

















(c) Herbert Kowalesky - trawlertekinfin.wordpress.com



As meninas dessa vez não vão (por razões óbvias) e voluntários são bem vindos - rrjandrade@yahoo.com.br!


Bons ventos!

Comentários

  1. UAU, que honra ser citado por aqui :)
    Agora só um comentário... aquele crarco, ops, barco da foto, dava pra pendurar do jeito que tava em algum lugar importante e ser usado como obra de arte!!! Ou pelo menos como uma "samambaia gigante", kkkkkkkkkkkk
    Abraços.
    Fernando Previdi

    ResponderEliminar
  2. KKK... Previdi, sua atitude em relação ao mar é exemplar e deveria ser seguida por muitos. Infelizmente, é a exceção. Quanto ao veleiro, aprendi que certas reformas e até mesmo a construção, no esquema "faça vc mesmo 100%" no final das contas, não compensa. Passa-se muito tempo em terra, em um sufoco danado, quando poderia se estar no mar, velejando... Mas tem doido para tudo! BV

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

De Ubatuba a Santos

De Santos à Vitória

De Vitória a Recife