Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2017

Sobre ancoragens

Imagem
Boas!

Como comentei em minha última postagem, saímos de Ubatuba para trazer o Jazz 4 em uma manhã da primeira semana de janeiro. Saímos cedo, logo após o sol nascer, no motor. Depois de cerca de uma hora de navegação, com as meninas ainda dormindo, abri a genoa e começamos a velejar, aproveitando o vento NE típico daquele horário.
Nossa primeira parada foi a praia do Jabaquara, já na Ilhabela. Eu tenho por hábito parar sempre o mais longe da praia possível, mas me mantendo abrigado. Vejo alguns colegas velejadores se gabando de que o veleiro deles os permite parar quase na praia. Eu, de minha parte, nunca vi muita vantagem nisso. Parar perto da praia significa que se entrar uma porranca, e elas sempre entram, seu veleiro estará mais perto de encalhar. Fica mais fácil desembarcar? Fica. Mas de bote com motor ou de SUP se chega também. Nesse dia, então, não foi diferente. Ainda mais porque o barco em que eu estava não era meu, o que exigia cuidados quadruplicados.
Fundeamos em oito metr…