Travessia Paraty - Ubatuba

Boas!

Chegamos em Paraty de ônibus às 04h00 de sábado, 31/05. Na tripulação o Cassio e a Christiane, novos donos do Fast 345 Serelepe e o Edson, antigo dono desse belo veleiro. Por razões de logística dividimos a travessia em duas etapas: a primeira de Paraty até Ubatuba (Ribeira) e a segunda, ainda a acontecer, entre Ubatuba e o Guarujá (Clube Internacional de Regatas).

Embarcamos no cais da Pier 46 e seguimos até o posto de combustível da Porto Imperial, que só abriria às 07h00. O céu estava sem nuvens e trazia um azul profundo. Paraty continua um lugar especial. 

Lavamos o barco, enchemos os tanques de água e de diesel e  às 07h15 partimos, no motor, com vela mestra em cima. Fiz o primeiro turno no leme (duas horas cada tripulante). Seguimos até a Ilha do Mantimento e de lá para a Ilha do Algodão, passando pelo meio do Catimbau. Ao contrário do que sempre faço, entramos na baía da preguiça, saindo em Paraty-Mirim e de lá fomos até a Ponta da Cajaiba. Costeamos a Cajaíba, o Pouso e o costão rochoso que leva à Joatinga. 

A travessia da "Tia Jo" foi tranquila, já no turno do Edson, um maluco gente boa ao extremo. O mar estava um pouco mexido e nós passamos um pouco mais perto do que eu gostaria. Aliás, beeem mais perto. Mas deu tudo certo e foi bonito. Ao meio dia já havíamos vencido a Ponta Negra. Às 15h25 chegamos na Ribeira, onde amarramos o Serelepe a contrabordo do Malagô.

Fizemos a travessia toda no motor, pois o vento simplesmente não apareceu. Faz parte. O saldo final foi bastante positivo, não apenas porque cumprimos a missão, mas porque vivemos belos momentos e semeamos novas amizades. 

E vamos no pano mesmo! 

Galeria:

07h00 - Porto Imperial, Paraty/RJ

10h00 - Ponta da Joatinga


Chris, Cassio e Edson.

Ilha Cairuçu.

Ponta Negra.


Ilha das Couves.

Saco da Ribeira.



Comentários

  1. Valeu Capitão!!!
    Obrigado pela dedicação e amizade!
    Bons Ventos!
    Cassio e Chris
    Veleiro Serelepe

    ResponderEliminar
  2. Valeu Capitão!!!
    Obrigado pela dedicação e amizade!
    Bons Ventos!
    Cassio e Chris
    Veleiro Serelepe

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Onde guardar um veleiro.

De Ubatuba a Santos

De Vitória a Recife