A laminação do casco...

Boas!

Agendei um reboque para levar o casco para a marina. Ele não apareceu... No fim das contas isso foi bom, pois eu pude aproveitar e fazer a laminação do casco ao longo da semana dos dias 22 e 27 de agosto. Nessa

De início fiquei obcecado em deixar o casco liso, sem uma gotinha, furo, etc. Então tapei buracos com epoxy e sílica e lixei... comecei com uma lixa 120, depois uma 150 e terminei na 220. A "Marinalva", apelido que dei para a lixadeira roto orbital que acabei adquirindo e que fez, ao final, todo o serviço, trabalhou todos esses dias entre 12h30 e 14h00, para alegria da vizinhança! Ao final a flanela escorregava lindamente pelo casco. Era hora da laminação!





Meu esquema (a laminação foi feita no dia 27/08) foi o seguinte: uma "fita" com 15 cm ao longo de toda a quilha, roda de proa e skeg. Depois duas camadas de tecido (sempre 300 g/m) em ambos os lados, com overlaping ao longo da quilha. Na roda de proa fiz quatro overlapings com tecido. Após a cura a rigidez do conjunto deu confiança... se bem que eu nunca duvidei disso, pois naveguei muito com um Dinghy Andorinha (Cabinho) do meu amigo Fernando Leitão construído nesse sistema... e ele aguentou muita porrada!

Trabalho um pouco a cada dia... vou domando minha natural falta de talento para a coisa... mas até que tem sido divertido imaginar o que vai dar para fazer com o barco! Sim, porque a construção em si é um pé no saco!!! Ah, e claro! Ver a Priscila reconhecer que deu certo é um prazer quase que sexual! Se bem que eu não a culpo, ela ficou chateada com a venda do Cusco...





A próxima etapa é lixar de novo o casco, para diminuir ou neutralizar o efeito tela que a laminação tem ao final e eliminar a sobreposição de tecidos, que fica em relevo. Isto feito, é "só" passar massa de nivelamento, primer e pintar! Mas isso eu juro que vou passar para o Pirulão fazer! Preciso velejar, ou, no mínimo, viajar...

E vamos que vamos!!!

Comentários

  1. Juca,

    A construção em si não é um pé no saco. Se avexe não, rapaz. Não esqueça que logo-logo você vai passar de construtor amador para velejador. E melhor: velejador tem memória curta!
    Bons ventos sempre,
    Hélio

    ResponderEliminar
  2. Valeu pelo incentivo, Helio! Logo logo estaremos juntos em algum lugar bacana, bordo com bordo! BV

    ResponderEliminar
  3. Beleza Juca.Você é mesmo um cara de coragem!! Tenho certeza que o Tiki 21 ficará lindo. Abraço.Ricardo Stark

    ResponderEliminar
  4. Graaande Satrk!
    Lindo eu não garanto, mas que vai ser seguro e bem construído, isso com certeza! Obrigado pela força e vamos que vamos!

    ResponderEliminar
  5. Ahe Juca tá ficando maneiro... Assim que ficar pronto vou a SP conhecer o Baldoso 2

    ResponderEliminar
  6. Poxa, perto do seu o meu é um esboço, mas obrigado pelo incentivo! Acompanho o seu blog todos os dias e tenho invejinha branca dos seus filetes!!! kkk Te espero por aqui e vc, me espere por ai!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

De Ubatuba a Santos

De Santos à Vitória

De Vitória a Recife