domingo, 30 de agosto de 2009

Regata Santos/Ilhabela 2009

Boas!

Ontem foi dia da regata Santos IlhaBela. Finalmente uma inicativa que merece ser destacada. Os motivos são vários. Um deles é o fato de 'agitar' as águas da baia de Santos, incentivando os veleiros daqui e da região a enfunarem suas velas e se fazerem ao mar aberto. Outro é a beleza plástica do evento. Mesmo quem não sabe o que é uma retranca não tem como não se encantar com o clássico Atrevida, ou super hi-tech Sony - Handycam, a todo pano, seguindo em direção à Ponta Grossa. Outro motivo é que esta regata é diferente das que acontecem por aqui, onde os barcos limitam-se às águas da baia, uma vez por mês, dando voltas e voltas em torno de bóias laranjas. As "bóias", no caso dessa regata, são a "Ilha de Santo Amaro" e a "Ilha de São Sebsatião". Isso faz com que velejadores que, como eu, não curtem muito as tais bóias possam participar sem se sentirem "traidores", já que a regata é um misto de competição e cruzeiro. Aliás, as regatas em torno das bóias sempre me fizeram pensar na louça da minha avó Alice... coisa fina, chic no último, mas que estava sempre no armário esperando uma visita que nunca vinha! As regatas de oceano (ainda mais as que, como esta, são curtas - 24 hs), permitem que muita gente que acumulou conhecimento técnico sem igual nas enfadonhas bóias laranjas possa, enfim, colocá-los em prática em condições menos ideais e em um ambiente menos controlado. E que a louça possa ser usada mais vezes.

domingo, 16 de agosto de 2009

Final de semana - 14/08/2009















Fiat Lux!


E a luz se fez... finalmente três dias (nosso final de semana começa na sexta apóso meio dia, ok?) consecutivos de sol!

Sexta (14) fomos de popa até a Ilha Porchat e voltamos em longos seis zigue-zagues até a marina.















E eis a prova de que nem no Brisa eu me livro da Naylla!!!

















Sábado fundeamos pela primeira vez com o Brisa, em frente à praia do Sangava...


A tripulante que merece destaque, além da Pri que mostrou que aprendeu a estivar um cabo bem que só ela (só falta, agora, aprender a dor a volta no cunho... rs), é "Santa Heliar", a bateria de 45 amperes que alimenta o nosso valente motorzinho de popa elétrico (um Mauri de 44 lbs, desses de pesca).
















Contrariando o senso comum de que ela não aguentaria um percurso maior - até então eu só o usava para a aproximação final com a rampa da marina -, no sábado (15) o vento só entrou após as 14h00... então, cansados de boiar, liguei o danado na velocidade máxima e ele nos tocou - bem - por 1,5 milhas, direto e sem sustos (levou meia hora, é verdade, mas estavamos passeando!).
















Estavam todos loucos para entrar na água, mas algumas águas-vivas passavam por perto... (vejam que a Pri ficou vigilante, o tempo todo!). O baldinho da Brida acabou sendo a salvação! No fim, só eu entrei, o que foi bom para acertar a altura exata da escadinha de embarque molhado.
Na volta o vento apertou e lá fomos nós contornar o 'iso vermelho', só para não dizer que não velejamos. Na entrada do canal, lá pelas 16h00, a maré vazava bem forte e o vento já não estava tão legal assim... foi a vez da 'Santa Heliar' entrar em ação de novo, e nos tocar por mais 1 milha até o Rivaldo... e a danada continua com carga, até agora!

A foto abaixo, tirada quando chegavamos à rampa, mostra nossa próxima missão: levantar o balão!

domingo, 2 de agosto de 2009

Ilhabela

Esse final de semana decidimos, meio de repente, ir para Ilhabela e, quem sabe, procurar uma nova casa para o Brisa passar as férias de verão (que, se Deus quiser, vai ter sol!!!). No meio do caminho, São Pedro deu uma trégua e o tempo passou de chuvoso para nublado e, no dia seguinte (02/08) até ensaiou um solzinho.

Gostamos muito da BL3, na armação. E o dinheirinho ($$) que nos cobraram ficou bem perto do que o Rivaldo, aqui em Santos, nos pede todo mês... só a paisagem é que muda um "bocadinho"!

Mas no fim, bem feitas as contas, enquanto não tivermos um barco que permita pernoitar, a Ilha será, no máximo, uma escala eventual... pena.




Como o Brisa ficou em casa, velejamos de Stunt Kite! (pelo menos tentamos, porque fazer a danada da pipa voar mesmo só no dia seguinte, em Bertioga, no último dia da festa da tainha!).


Futura "eco chata"???
Brincadeirinha, o recado é importante! Mas esse modelinho moda praia 2010... tsc tsc!

Brida e sua filha, mais tranquila depois de descobrir que não ia dormir no sofá... ufa!



Até a volta!

Velejando no Nordeste...

Boas! Por conta do lançamento do livro A Travessia Azul, fiz palestras em algumas cidades para contar para as pessoas mais sobre o que ...